Total de visualizações de página

sexta-feira, 12 de junho de 2015





Metamorfose D'Alma

Cria asas de expectativa no ar
Há metamorfose no entardecer
Sai do casulo tão seguro de seu ser...
Foge do castelo para voar
Descobre o amar pensa que é o mar...
Lança-se num voo independente
Faz dança do amor incandescente... 
Vestida de mariposa indecente
Disfarçada de metamorfose ambulante
Ornada de rosas e borboletas brilhantes
Pisando em versos pelas calçadas
Dança com a lua abraça madrugada
Faz metamorfose d'alma e alucina
A lucidez faz libertina a insemina
A aventura que tão breve perdura
A colheita é o amor tão boa aventura
Vê as quimeras nas chamas da loucura...
Sente a paixão queimar feito brasa
Diz adeus pra ilusão de volta pra casa...


Son Dos Poemas

Nenhum comentário:

Postar um comentário