Total de visualizações de página

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

DESEJO



Desejo

Como não fazer gracejos?
Sentir teu cheiro bom de aconchego
Sorrir em teus lábios com beijos
Pousar em teu olhar noctivago
Despertar o meu lado carnívoro
Animal sedento compulsivo
Como não ser mundana e aflita
Se atenta a insônia lascivia me grita
Sedenta a boca é seca e querente
Tanto amor acende o desejo da pele
E tantas outras vontades sugere...
Cordatos desejos em colunas encostas
Como não ser assim primitiva exposta?!...


Son Dos Poemas

Nenhum comentário:

Postar um comentário